13 de abril de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário
Neste final de semana será disputado o Grand Prix de Miami (EUA) de judô e 19 brasileiros vão representar o país. Na tarde desta sexta-feira, os representantes verde-amarelos conheceram suas chaves na competição...

Neste final de semana será disputado o Grand Prix de Miami (EUA) de judô e 19 brasileiros vão representar o país. Na tarde desta sexta-feira, os representantes verde-amarelos conheceram suas chaves na competição. Todas as categorias lutam a partir das 10h30 (de Brasília).

Neste sábado, as mulheres das categorias 48 kg, 52 kg, 57 kg e 63 kg e os homens dos pesos 60 kg, 66 kg e 73 kg vão lutar. No primeiro dia de disputas, o Brasil terá um dos confrontos mais complicados do torneio, já que a jovem Nathália Brígida enfrenta a cubana Dayaris Mestre, vice-campeã Pan-americana e bronze no World Masters de Tyumen.

“Realmente será um confronto difícil porque a Mestre é uma das atletas mais bem ranqueadas no campeonato. Mas a Nathália está muito bem preparada, vem de bons resultados e vai competir muito bem. Ela tem grandes chances de vencer. Quanto às outras judocas, não tem muito o que escolher no sorteio. Todas as atletas que estão aqui estão buscando um lugar melhor no ranking mundial e para conquistar o maior número de pontos tem que vencer quem vier”, disse Amadeu Moura, chefe da delegação, que lembrou-se do fato que Brígida conquistou o título do Troféu Brasil e que Dayaris é a quinta do mundo na categoria.

Ainda no feminino, Raquel Silva (52 kg) faz a sua luta de estreia contra a norte-americana Mirelle Graves e Flávia Gomes (57 kg) mede forças com a argentina Melissa Rodriguez. Na categoria até 63 kg, Mariana Barros enfrenta a chinesa Yixi Wang e Mariana Silva pega a canadense Nicole Jenicek.

No masculino, Eric Takabatake (60 kg) enfrenta o argentino Hernan Bribier e Breno Alves (60 kg) espera o vencedor entre George Truong, dos Estados Unidos, e Federico Escobar, da Colômbia. Luiz Revite (66 kg) estreia contra Rafael Ramos, dos Estados Unidos ou Yifan Yang, da China. Mesma situação de Leandro Cunha (66 kg), que aguarda o resultado de Batgerel Batsetseg, da Mongólia e Bence Zambori, da Hungria, para saber seu primeiro adversário no GP. Alex Pombo (73 kg) pega Patrick Dawson, da Grã-Bretanha e Bruno Balla da Costa (73 kg) enfrenta o húngaro Attila Ungvari.

“O sorteio foi uma mostra do que será o campeonato: bastante equilibrado, com um nível bom de competitividade na maioria das categorias. Esperamos bons resultados em todo o Grand Prix”, disse Fulvio Miyata, técnico da equipe masculina.

Já no domingo, dia 16, as judocas dos pesos 70 kg, 78 kg, +78 kg e os atletas das categorias 81kg, 90 kg, 100 kg e +100 kg competem. Encerram a participação brasileira em Miami Bárbara Timo (70 kg), Mauro Moura(81 kg), Felipe Costa (81 kg), Eduardo Santos (90 kg), Hugo Pessanha (100 kg), Rafael Buzacarini (100 kg), Daniel Hernandes (+100 kg) e Walter Santos (+100 kg).

A disputa de medalhas nos dois dias está prevista para 18h (de Brasília), no Doral Legends Ballroom. Depois do Grand Prix de Miami, a equipe passa por um período de treinos nos Estados Unidos e segue para a disputa da Copa Continental de San Salvador, capital de El Salvador.

O Grand Prix de Miami vai distribuir 300 pontos para o campeão, 180 para o segundo colocado e 120 para o terceiro colocado.

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: