10 de abril de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário

O Pinheiros/Sky acertou com um reforço que passou muito tempo longe do Brasil. O ala Jonathan Tavernari, que atuou nos últimos anos no basquete universitário norte-americano e na Itália, chega à equipe paulistana e é o primeiro reforço do time para a próxima temporada.

“Estou muito contente por poder voltar ao Brasil e por ser novamente no Pinheiros. No Brasil, o Pinheiros é a minha casa e sei como as coisas funcionam por lá. Isso com certeza vai facilitar a minha adaptação”, disse Tavernari, que iniciou sua trajetória no basquete no Volkswagen Club, de São Bernardo, mas depois se transferiu para o Pinheiros, onde atuou de 2002 a 2005.

João Fernando Rossi, diretor de esportes olímpicos do Pinheiros, comemorou a chegada do ala: “Para nós é uma honra tê-lo de volta. É um jogador que teve grandes passagens pelo basquete universitário dos Estados Unidos e pela Europa, e poder repatriar uma pessoa que foi criada por nós mesmos é muito bom. Será uma grande honra para a mãe dele também, a Thelma, treinadora da base do Pinheiros, ter a volta do filho dela, um jogador que exatamente foi criado por ela”.

No basquete universitário norte-americano, onde vestiu a camisa da Brigham Young University (BYU), ele teve médias de 11,5 pontos e 5,1 rebotes. Agora, de volta ao Brasil, Jonathan vai disputar o Novo Basquete Brasil pela primeira vez em sua carreira.

“O jogo FIBA é muito diferente do jogo NCAA (basquete universitário norte-americano). É anos luz mais físico. Mas, depois de três anos na Itália, evoluí não só fisicamente, mas também aprendi outros os conceitos de jogo. Mas com três campeonatos e dúzias de jogos, me adaptarei rapidamente”, declarou. “A evolução do basquete no Brasil foi bastante importante para eu decidir voltar. Minha ultima atuação na Seleção foi em 2010 e muito mudou desde lá. O NBB é um campeonato muito organizado e, além disso, o Pinheiros ainda disputará o Campeonato Paulista e a Liga das Américas. Serão três campeonatos e bastante tempo em quadra para eu evoluir como jogador e poder mostrar meu basquete”, finalizou.

Com a chegada de Jonathan, o Pinheiros já tem sete atletas confirmados para a próxima temporada, já que a diretoria do clube paulistano havia acertado a permanência dos norte-americanos Shamell e Joe Smith, do armador Paulinho e dos pivôs Mineiro, Morro e André Bambu. Os jovens Lucas Dias, Humberto Silva e Bruno Caboclo também vão integrar a equipe na disputa do Campeonato Paulista 2013, na Liga das Américas e no NBB6.

Gaspar Nóbrega/Inovafoto
Após oito anos fora do Brasil, Jonathan Tavernari vai defender o Pinheiros na próxima temporada

O Pinheiros/Sky acertou com um reforço que passou muito tempo longe do Brasil. O ala Jonathan Tavernari, que atuou nos últimos anos no basquete universitário norte-americano e na Itália, chega à equipe paulistana e é o primeiro reforço do time para a próxima temporada.

“Estou muito contente por poder voltar ao Brasil e por ser novamente no Pinheiros. No Brasil, o Pinheiros é a minha casa e sei como as coisas funcionam por lá. Isso com certeza vai facilitar a minha adaptação”, disse Tavernari, que iniciou sua trajetória no basquete no Volkswagen Club, de São Bernardo, mas depois se transferiu para o Pinheiros, onde atuou de 2002 a 2005.

João Fernando Rossi, diretor de esportes olímpicos do Pinheiros, comemorou a chegada do ala: “Para nós é uma honra tê-lo de volta. É um jogador que teve grandes passagens pelo basquete universitário dos Estados Unidos e pela Europa, e poder repatriar uma pessoa que foi criada por nós mesmos é muito bom. Será uma grande honra para a mãe dele também, a Thelma, treinadora da base do Pinheiros, ter a volta do filho dela, um jogador que exatamente foi criado por ela”.

No basquete universitário norte-americano, onde vestiu a camisa da Brigham Young University (BYU), ele teve médias de 11,5 pontos e 5,1 rebotes. Agora, de volta ao Brasil, Jonathan vai disputar o Novo Basquete Brasil pela primeira vez em sua carreira.

“O jogo FIBA é muito diferente do jogo NCAA (basquete universitário norte-americano). É anos luz mais físico. Mas, depois de três anos na Itália, evoluí não só fisicamente, mas também aprendi outros os conceitos de jogo. Mas com três campeonatos e dúzias de jogos, me adaptarei rapidamente”, declarou. “A evolução do basquete no Brasil foi bastante importante para eu decidir voltar. Minha ultima atuação na Seleção foi em 2010 e muito mudou desde lá. O NBB é um campeonato muito organizado e, além disso, o Pinheiros ainda disputará o Campeonato Paulista e a Liga das Américas. Serão três campeonatos e bastante tempo em quadra para eu evoluir como jogador e poder mostrar meu basquete”, finalizou.

Com a chegada de Jonathan, o Pinheiros já tem sete atletas confirmados para a próxima temporada, já que a diretoria do clube paulistano havia acertado a permanência dos norte-americanos Shamell e Joe Smith, do armador Paulinho e dos pivôs Mineiro, Morro e André Bambu. Os jovens Lucas Dias, Humberto Silva e Bruno Caboclo também vão integrar a equipe na disputa do Campeonato Paulista 2013, na Liga das Américas e no NBB6.

Gaspar Nóbrega/Inovafoto

Após oito anos fora do Brasil, Jonathan Tavernari vai defender o Pinheiros na próxima temporada
Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: