13 de abril de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário
Eleito melhor jogador do mundo pela Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado) nos últimos quatro anos, o atacante Lionel Messi alcançou destaque no cenário esportivo e se tornou um dos atletas mais bem p...

Eleito melhor jogador do mundo pela Fifa (Federação Internacional de Futebol Associado) nos últimos quatro anos, o atacante Lionel Messi alcançou destaque no cenário esportivo e se tornou um dos atletas mais bem pagos do planeta. Entretanto, a situação financeira do camisa argentino gerou problema. Nesta quarta-feira, a Fiscalização de Delitos Econômicos de Barcelona apresentou denúncia contra o jogador e seu pai, Jorge Horácio, alegando sonegação de impostos durante três anos.

Em queixa realizada na região de Gava, onde Messi reside, a fiscal Raquel Amado acusou o atleta de ter deixado de pagar cerca de 4 milhões de euros (aproximadamente R$ 11,4 milhões) em impostos durante 2007, 2008 e 2009. O camisa 10, porém, escreveu nota no Facebook contradizendo a denúncia.

“Ficamos sabendo através da imprensa sobre as ações iniciadas pela fiscalização espanhola. É algo que nos surpreende, pois nunca cometemos nenhuma infração. Sempre atendemos todas nossas obrigações tributárias seguindo conselhos de nossos assessores ficais, que se encarregarão de esclarecer esta situação”, disse.

AFP

Imprensa espanhola especula que Messi tenha salário anual de R$ 37 milhões no Barcelona

Na acusação, Amado afirma que o pai de Messi foi quem elaborou o projeto de sonegação. A fiscal diz que tudo teve início em 2005, quando o atleta ainda era menor de idade. Jorge Hoáacio teria criado uma ferramenta que visava exclusivamente a fuga das obrigações tributárias. A omissão de quantias recebidas através de direito de imagem seria uma dos principais trunfos para sonegação.

A denúncia ainda explica detalhadamente as quantias fraudadas durante os três anos. Em 2007, 1.059.398,71 euros (R$ 3.026.879,68) não foram pagos, enquanto 1.572.183,38 euros (R$ 4.491.991,43) e 1.533.092,87 euros (R$ 4.380.303,29) foram sonegados em 2008 e 2009, respectivamente. Ao todo, a quantia alcança 4.164.674,96 euros (R$ 11.899.174,42).

Caso a fraude seja comprovada, Lionel Messi e Jorge Horácio podem ficar presos por período entre dois e seis anos, segundo o artigo 305 do Código Penal espanhol. Além disso, podem pagar multa variável entre o dobro e o sêxtuplo do valor sonegado.

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: