13 de abril de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário

A maioria das duplas brasileiras começou bem sua campanha na chave masculina do Grand Slam de Haia de vôlei de praia. Três das quatro parcerias nacionais estrearam com vitória no torneio disputado na Holanda.

Alison e Emanuel iniciaram a campanha no Grupo B com vitória tranquila sobre os canadenses Redmann e Hatch por 2 sets a 0, com parciais de 21/15 e 21/14. A dupla só volta à quadra na quinta-feira quando enfrenta os holandeses Spijkers e Varenhorst e os austríacos Doppler e Horst.

No Grupo D em Haia, Bruno Schmidt e Pedro Solberg também começaram com vitória. Eles tiveram dificuldade, mas passaram pelos espanhóis Herrera e Gavira por 2 a 1, com 21/17, 18/21 e 15/9. Os próximos adversários dos brasileiros são os alemães Dollinger e Windscheif e os tchecos Kubala e Benes.

Ricardo e Álvaro Filho foram outros representantes nacionais a encerrar a quarta-feira com dia positivo em Haia. No Grupo H eles passaram pelos noruegueses Horrem e Eithun por 2 a 0, parciais de 22/20 e 21/18, e agora tentam confirmar a primeira colocação da chave contra os letões Sorokins e Smedins e os locais Brouwer e Meeuwsen.

A única derrota do Brasil na Holanda veio com Evandro e Vitor Felipe, dupla oriunda do qualifying. No Grupo G, eles foram derrotados pelos letões Smedins e Samoilovs, por 21/19 e 22/20, e tentam se recuperar contra os holandeses Fijalek e Prudel e os suíços Gabathuler e Weingart.

Divulgação/FIVB
Alison e Emanuel começaram com vitória tranquila a campanha no Grand Slam de Haia, na Holanda

A maioria das duplas brasileiras começou bem sua campanha na chave masculina do Grand Slam de Haia de vôlei de praia. Três das quatro parcerias nacionais estrearam com vitória no torneio disputado na Holanda.

Alison e Emanuel iniciaram a campanha no Grupo B com vitória tranquila sobre os canadenses Redmann e Hatch por 2 sets a 0, com parciais de 21/15 e 21/14. A dupla só volta à quadra na quinta-feira quando enfrenta os holandeses Spijkers e Varenhorst e os austríacos Doppler e Horst.

No Grupo D em Haia, Bruno Schmidt e Pedro Solberg também começaram com vitória. Eles tiveram dificuldade, mas passaram pelos espanhóis Herrera e Gavira por 2 a 1, com 21/17, 18/21 e 15/9. Os próximos adversários dos brasileiros são os alemães Dollinger e Windscheif e os tchecos Kubala e Benes.

Ricardo e Álvaro Filho foram outros representantes nacionais a encerrar a quarta-feira com dia positivo em Haia. No Grupo H eles passaram pelos noruegueses Horrem e Eithun por 2 a 0, parciais de 22/20 e 21/18, e agora tentam confirmar a primeira colocação da chave contra os letões Sorokins e Smedins e os locais Brouwer e Meeuwsen.

A única derrota do Brasil na Holanda veio com Evandro e Vitor Felipe, dupla oriunda do qualifying. No Grupo G, eles foram derrotados pelos letões Smedins e Samoilovs, por 21/19 e 22/20, e tentam se recuperar contra os holandeses Fijalek e Prudel e os suíços Gabathuler e Weingart.

Divulgação/FIVB

Alison e Emanuel começaram com vitória tranquila a campanha no Grand Slam de Haia, na Holanda

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: