25 de fevereiro de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário
Os 12 torcedores do Corinthians presos na Bolívia desde o dia 20 de fevereiro vivem a expectativa de ganhar liberdade. Eles receberam a notícia de que devem ser soltos da penitenciária San Pedro, em Oruro. Sete têm a situ...

Os 12 torcedores do Corinthians presos na Bolívia desde o dia 20 de fevereiro vivem a expectativa de ganhar liberdade. Eles receberam a notícia de que devem ser soltos da penitenciária San Pedro, em Oruro. Sete têm a situação mais adiantada e esperam ser os primeiros a sair.

De acordo com a organizada Gaviões da Fiel, “detalhes burocráticos” separam os corintianos da liberdade. O grupo tem um acordo para permanecer em território boliviano até que todos os 12 sejam soltos pelas autoridades bolivianas.

Os alvinegros estão detidos sob a acusação de participação na morte de Kevin Beltrán, de 14 anos. O garoto foi atingido por um sinalizador na partida entre o San José e o Corinthians, pela fase de grupos da Copa Libertadores. O disparo, apontam os indícios, teria partido da torcida visitante.

A prisão se tornou uma questão diplomática, com tentativas de ministros brasileiros de intervir. Em Guarulhos, um menor chegou a assumir a autoria do disparo, confissão inicialmente ignorada pelas autoridades da Bolívia. A própria família de Kevin se envolveu no assunto.

De acordo com reportagem da revista Istoé, o advogado da família pediu US$ 220 mil para o Corinthians para produzir um novo testemunho, que apontaria na torcida do San José a origem do disparo. Já se passaram quatro meses de muita discussão entre advogados e nenhum julgamento marcado.

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: