17 de janeiro de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário

Só uma coisa mudou no comportamento de Oscar Schmidt desde que o primeiro tumor em seu cérebro foi descoberto, há dois anos. De acordo com o ex-jogador, que teve um segundo tumor retirado da cabeça faz um mês, rechear o colchão de economias não faz mais parte de seus hábitos.

“Passei a não guardar dinheiro nenhum. Gasto muito, torro tudo”, afirmou o Mão Santa, certo de que estará saudável para ir aos Estados Unidos, em setembro. Daqui a pouco mais de três meses, ele receberá uma das grandes honrarias do basquete, entrando para o Hall da Fama de Springfield.

“Fiz um terno em Londres para usar lá. Um ternaço! Custou uma grana, em pounds. Também fiz um sapato inglês. Não vou nem dizer quanto custou porque vocês vão cair sentados. Estou torrando mesmo”, contou o craque, que disse também estar viajando bem mais.

Se a “mão santa” não está fechada, não seria na cerimônia do Hall da Fama que Oscar voltaria a economizar. Ele será o terceiro brasileiro a fazer parte do prestigiado Naismith Memorial, juntando-se a Ubiratan e a Hortência.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Foi-se o tempo em que Oscar Schmidt gastava só um pouquinho com ternos e viagens
“Recebi a pior notícia e a melhor no mesmo ano. Vou estar lá, com certeza. Vai ser, talvez, a maior vitória da minha vida. Mas vou estar em muitos lugares ainda. Vou para a Olimpíada, tenho um caminho longo ainda. Vou viver muito”, comentou o ex-jogador.

Por meio das redes sociais, o Naismith Memorial lhe manifestou apoio. “O Hall da Fama quer desejar ao mais novo membro do Hall da Fama do basquete, Oscar Schmidt, uma recuperação completa após sua segunda cirurgia contra um tumor cerebral! Rezem por ele!”, diz o texto publicado no Facebook.

Só uma coisa mudou no comportamento de Oscar Schmidt desde que o primeiro tumor em seu cérebro foi descoberto, há dois anos. De acordo com o ex-jogador, que teve um segundo tumor retirado da cabeça faz um mês, rechear o colchão de economias não faz mais parte de seus hábitos.

“Passei a não guardar dinheiro nenhum. Gasto muito, torro tudo”, afirmou o Mão Santa, certo de que estará saudável para ir aos Estados Unidos, em setembro. Daqui a pouco mais de três meses, ele receberá uma das grandes honrarias do basquete, entrando para o Hall da Fama de Springfield.

“Fiz um terno em Londres para usar lá. Um ternaço! Custou uma grana, em pounds. Também fiz um sapato inglês. Não vou nem dizer quanto custou porque vocês vão cair sentados. Estou torrando mesmo”, contou o craque, que disse também estar viajando bem mais.

Se a “mão santa” não está fechada, não seria na cerimônia do Hall da Fama que Oscar voltaria a economizar. Ele será o terceiro brasileiro a fazer parte do prestigiado Naismith Memorial, juntando-se a Ubiratan e a Hortência.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Foi-se o tempo em que Oscar Schmidt gastava só um pouquinho com ternos e viagens

“Recebi a pior notícia e a melhor no mesmo ano. Vou estar lá, com certeza. Vai ser, talvez, a maior vitória da minha vida. Mas vou estar em muitos lugares ainda. Vou para a Olimpíada, tenho um caminho longo ainda. Vou viver muito”, comentou o ex-jogador.

Por meio das redes sociais, o Naismith Memorial lhe manifestou apoio. “O Hall da Fama quer desejar ao mais novo membro do Hall da Fama do basquete, Oscar Schmidt, uma recuperação completa após sua segunda cirurgia contra um tumor cerebral! Rezem por ele!”, diz o texto publicado no Facebook.

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: