19 de janeiro de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário
A passagem de Raul Togni Filho pelo comando do Minas Tênis Clube durou sete anos, dois dedicados ao Icatu/Minas. A diretoria do clube anunciou a saída do treinador na quarta-feira e citou como razão os resultados inexpressivos a...

A passagem de Raul Togni Filho pelo comando do Minas Tênis Clube durou sete anos, dois dedicados ao Icatu/Minas. A diretoria do clube anunciou a saída do treinador na quarta-feira e citou como razão os resultados inexpressivos alcançados pela equipe nas últimas temporadas.

“Agradecemos muito a ele, mas no esporte de ponta essas decisões são naturais quando os resultados esperados não são obtidos. Agora, estamos analisando e procurando bons nomes no mercado. Por enquanto, não temos definição, mas vamos procurar um técnico de nome”, disse Eduardo de Almeida Pinto, o Dadinho, diretor de basquete.

Na temporada 2011/2012, sob o comando de Raul, o Minas amargou seu pior resultado desde o início do NBB ao terminar no antepenúltimo lugar (13º). Na edição mais recente do torneio nacional, a equipe chegou a avançar para as oitavas de final, mas perdeu para o semifinalista São José/Unimed.

“Agradeço a todos que de alguma forma fizeram parte da minha história no clube durante esses sete anos e agradeço ao Dadinho, que me colocou na equipe adulta do basquete. Essas coisas fazem parte do esporte. Espero que a equipe do Minas continue crescendo e eu vou continuar na busca por outros desafios”, declarou Raul.

Ele chegou a defender o Minas como jogador em três oportunidades durante sua carreira. Já na função de técnico, foi campeão sul-americano de clubes em 2007 e conquistou o título mineiro. Na primeira edição do NBB, terminou na terceira colocação.

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: