24 de janeiro de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário
O baiano Tony Kanaan conquistou no último domingo as 500 Milhas de Indianápolis, prova mais importante do automobilismo norte-americano, mas ainda não sabe seu futuro na Fórmula Indy. Com o título da prova, ele ga...

O baiano Tony Kanaan conquistou no último domingo as 500 Milhas de Indianápolis, prova mais importante do automobilismo norte-americano, mas ainda não sabe seu futuro na Fórmula Indy. Com o título da prova, ele garantiu patrocínio para disputar o restante da temporada, em que buscará seu segundo título na categoria, mas em breve terá que começar a brigar por apoio para correr em 2014.

O drama de Kanaan se repetiu nos últimos três anos. Após perder patrocínio da rede de lojas de conveniência 7-Eleven, deixou a forte equipe Andretti e passou a correr pela modesta KV. Ao fim de cada temporada, ele precisa buscar empresas que complementem o orçamento do time para assinar sua renovação de contrato.

“O que eu mais queria era arrumar um contrato para o ano que vem, não sei o que vou fazer ainda. A não ser que alguém me contrate como antigamente, ainda preciso arrumar alguns patrocínios. A gente tem alguns brasileiros, mas não é o suficiente ainda, vai ser aquela luta. Não é hora de sair vendendo nada porque a gente está no meio do campeonato, mas gostaria de decidir minha vida mais cedo”, disse Kanaan, nesta quarta-feira, apenas três dias após sua histórica conquista em Indianápolis.

AFP

Tony Kanaan venceu as 500 Milhas de Indianápolis e agora batalha para seguir correndo na Fórmula Indy

Com o triunfo do último domingo, o piloto baiano se tornou apenas o terceiro brasileiro a vencer na prova mais importante do automobilismo norte-americano, repetindo o feito de Emerson Fittipaldi, bicampeão em 1989 e 1993, e do amigo Hélio Castroneves, tricampeão em 2001, 2002 e 2009.

Kanaan ainda ostenta o título de 2004 da Indy, sendo um dos dois brasileiros com títulos do campeonato e da prova mais importante do automobilismo norte-americano, já que Fittipaldi foi venceu a temporada de 1989. Mesmo com este histórico, o baiano ainda sofre para encontrar empresas que o apoiem.

“Às vezes é difícil de engolir, mas infelizmente o negócio não é pensar por que estamos sendo injustiçados ou por que a gente não tem, e ir atrás. Agora é aproveitar essa onda da vitória e quem sabe isso ajuda a gente a correr em uma equipe em que não precisa levar patrocínio ou a aumentar nosso orçamento para fazer um contrato para o ano que vem”, avaliou.

A vitória das 500 Milhas de Indianápolis fez Tony Kanaan saltar para a sétima colocação da temporada da Fórmula Indy, com 124 pontos, 44 atrás do líder Marco Andretti. Hélio Castroneves também aparece bem na briga, ocupando a terceira posição com 152 pontos.

A prova do último domingo foi a quinta de uma temporada com 19 etapas. Os próximos dois desafios ocorrem já neste fim de semana, com a rodada dupla do Grande Prêmio de Detroit.

“Penso em título, sim. Acho possível principalmente porque a Indy é uma categoria que não depende só do dinheiro. A gente não tem em termos de orçamento o que outras equipes têm, mas nosso pessoal tem uma qualidade muito boa”.

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: