19 de junho de 2021
ResMine.com - Cloud Mining Cryptocurrency
Diário da Fórmula 1, a qualificação no Barhein. 1
Home Office Lucrativo
Home Office Lucrativo
Amanhã serão 57 voltas de pura emoção em Sakhir no Bahrein, e o treino qualificatório deu uma zebra, Nico Rosberg da Mercedes, e os pneus tão polêmicos do fim de semana serão pneus duros e médios, e a expectativa da Pirelli é de 3 paradas, vamos explicar parte por parte....



Q1

No Q1, todos os pilotos, exceto a McLaren, entrando de pneus duros, poupando equipamentos, com tempos girando na casa de 1:33 ou 1:32 como foi o caso de F.Alonso da Ferrari, até 10 minutos pro fim da sessão foi assim, as Mercedes um pouco quietas ainda porém com seus 2 pilotos no top 5. Mas como eu havia dito, faltando 9 ou 8 minutos pro fim, o desespero tomou conta de algumas equipes, caso da McLaren que pra não correr riscos já colocou os pneus médios Button em 11° e Perez em 12°, a RBR com Webber não foi um caso de desespero pra mim, e sim uma estratégia um tanto quanto estranha, deixando o australiano em 9°, outro caso ruim é o de Gutierrez, o mexicano não consegue se achar na F-1, ficou com a 18°posição, mas ele teve de trocar o câmbio e vai largar em 24° traduzindo, em último. Mas a principal decepção fica pra Pastor Maldonado na Williams, ele e Bottas marcaram exatamente o mesmo tempo com 1:34:425, os dois, só que Bottas foi quem registrou esse tempo primeiro, portanto o finlandês ficou na frente. Ficaram fora: Maldonado, Gutierrez, Van der Garde, Bianchi, Chilton e Pic.




Q2

As equipes já começaram as mostrar suas caras, todos de pneu médio, sem exceção, de novo, as RBR sendo as primeiras a ir pra pista, o que foi estranho é que Alonso de pneu duro marcou 1:32:8 e de pneu médio, que é mais rápido, os pilotos giravam em torno de 1:33:3, faltando 8 minutos pro fim do Q2, a surpresa então era a Force-Índia, colocando Paul Di Resta no top 5, tanto no Q1 como no Q2, as Lotus começando a mostrar precariedade não conseguindo ter proximidade aos líderes, as Mercedes começando a mostrar sua cara com Rosberg, as McLarens desesperadas. No fim das contas vejam vocês, enfim alguém conseguiu bater o tempo de Alonso no Q1, Rosberg que virou 1:32:867, sendo 0,011s melhor que Alonso, mas o que foi legal de ver é que a 20 segundos do fim, as 2 McLarens com Button e Perez, a Lotus de Raikkonen e a Ferrari de Massa e a RBR de Webber tiveram que ir pra pista por segurança, mas acabaram gastando um jogo de pneus médios a mais. Todos completaram voltas, e pra variar, Perez foi quem rodou e ficou fora, Button, Raikkonen, Massa passaram pro Q3, ficaram fora: Grosjean, Perez, Ricciardo, Hulkenberg, Bottas e Vergne.


Q3

Foi um passeio de amarelo-prateado da Mercedes de Rosberg, mas isso só no final, ao sinal verde, as Force-Índia já vieram pra pista seguidas das Mercedes, depois a Ferrari de Alonso, detalhe, todos de pneu médio, com expectativa de tempos na casa de 1:32s, e Rosberg fez o favor de fazer 1:32:543, Alonso 11 décimo atrás, Hamilton 2 décimos atrás, somente Di Resta virou na casa de 1:33s, e a 4 minutos do fim, pilotos como Raikkonen, Vettel, Webber, Button, Massa iriam pra pista pra apenas 1 tentativa, e aí foram, mas eis a surpresa, o brasileiro F.Massa foi de pneus duros. 1 tentativa pra cada um, e foi assim, Webber fez 1:33:078 marcando o 4°tempo, Di Resta 1:33:235 fez o 8°tempo, Vettel 1:32:584 o 2°, Raikkonen o 9° 1:33:327 e Massa 1:33:207 fazendo o 6°tempo, e Rosberg destruindo o próprio tempo fez 1:32:330 fazendo a pole position.


CLASSIFICAÇÃO (antes das punições):
1°Rosberg
2°Vettel
3°Alonso
4°Hamilton
5°Webber
6°Massa
7°Di Resta
8°Sutil
9°Raikkonen
10°Button

Mas Webber bateu com Vergne na China e foi considerado culpado e foi punido em 3 posições, e Hamilton trocou o câmbio e perde 5 posições. Então a classificação final ficou:
1°Rosberg
2°Vettel
3°Alonso
4°Massa
5°Di Resta
6°Sutil
7°Webber
8°Raikkonen
9°Hamilton
10°Button


Destacando a estratégia de F.Massa, o brasileiro marcou seu tempo de 1:33:207 com pneus duros, larga em 4°, com um pneu mais duradouro em mais ou menos 6 ou 7 voltas em relação aos que largam a sua frente de pneu médio, então se Massa fizer sua parte na pista e a Ferrari nos boxes, e o brasileiro pode sim faturar sua 3°vitória em Sakhir no Bahrein, onde já venceu em 2007 e 2008.


Serão 57 voltas, até lá.

Amanhã serão 57 voltas de pura emoção em Sakhir no Bahrein, e o treino qualificatório deu uma zebra, Nico Rosberg da Mercedes, e os pneus tão polêmicos do fim de semana serão pneus duros e médios, e a expectativa da Pirelli é de 3 paradas, vamos explicar parte por parte….

Q1

No Q1, todos os pilotos, exceto a McLaren, entrando de pneus duros, poupando equipamentos, com tempos girando na casa de 1:33 ou 1:32 como foi o caso de F.Alonso da Ferrari, até 10 minutos pro fim da sessão foi assim, as Mercedes um pouco quietas ainda porém com seus 2 pilotos no top 5. Mas como eu havia dito, faltando 9 ou 8 minutos pro fim, o desespero tomou conta de algumas equipes, caso da McLaren que pra não correr riscos já colocou os pneus médios Button em 11° e Perez em 12°, a RBR com Webber não foi um caso de desespero pra mim, e sim uma estratégia um tanto quanto estranha, deixando o australiano em 9°, outro caso ruim é o de Gutierrez, o mexicano não consegue se achar na F-1, ficou com a 18°posição, mas ele teve de trocar o câmbio e vai largar em 24° traduzindo, em último. Mas a principal decepção fica pra Pastor Maldonado na Williams, ele e Bottas marcaram exatamente o mesmo tempo com 1:34:425, os dois, só que Bottas foi quem registrou esse tempo primeiro, portanto o finlandês ficou na frente. Ficaram fora: Maldonado, Gutierrez, Van der Garde, Bianchi, Chilton e Pic.

Q2

As equipes já começaram as mostrar suas caras, todos de pneu médio, sem exceção, de novo, as RBR sendo as primeiras a ir pra pista, o que foi estranho é que Alonso de pneu duro marcou 1:32:8 e de pneu médio, que é mais rápido, os pilotos giravam em torno de 1:33:3, faltando 8 minutos pro fim do Q2, a surpresa então era a Force-Índia, colocando Paul Di Resta no top 5, tanto no Q1 como no Q2, as Lotus começando a mostrar precariedade não conseguindo ter proximidade aos líderes, as Mercedes começando a mostrar sua cara com Rosberg, as McLarens desesperadas. No fim das contas vejam vocês, enfim alguém conseguiu bater o tempo de Alonso no Q1, Rosberg que virou 1:32:867, sendo 0,011s melhor que Alonso, mas o que foi legal de ver é que a 20 segundos do fim, as 2 McLarens com Button e Perez, a Lotus de Raikkonen e a Ferrari de Massa e a RBR de Webber tiveram que ir pra pista por segurança, mas acabaram gastando um jogo de pneus médios a mais. Todos completaram voltas, e pra variar, Perez foi quem rodou e ficou fora, Button, Raikkonen, Massa passaram pro Q3, ficaram fora: Grosjean, Perez, Ricciardo, Hulkenberg, Bottas e Vergne.

Q3

Foi um passeio de amarelo-prateado da Mercedes de Rosberg, mas isso só no final, ao sinal verde, as Force-Índia já vieram pra pista seguidas das Mercedes, depois a Ferrari de Alonso, detalhe, todos de pneu médio, com expectativa de tempos na casa de 1:32s, e Rosberg fez o favor de fazer 1:32:543, Alonso 11 décimo atrás, Hamilton 2 décimos atrás, somente Di Resta virou na casa de 1:33s, e a 4 minutos do fim, pilotos como Raikkonen, Vettel, Webber, Button, Massa iriam pra pista pra apenas 1 tentativa, e aí foram, mas eis a surpresa, o brasileiro F.Massa foi de pneus duros. 1 tentativa pra cada um, e foi assim, Webber fez 1:33:078 marcando o 4°tempo, Di Resta 1:33:235 fez o 8°tempo, Vettel 1:32:584 o 2°, Raikkonen o 9° 1:33:327 e Massa 1:33:207 fazendo o 6°tempo, e Rosberg destruindo o próprio tempo fez 1:32:330 fazendo a pole position.

CLASSIFICAÇÃO (antes das punições):
1°Rosberg
2°Vettel
3°Alonso
4°Hamilton
5°Webber
6°Massa
7°Di Resta
8°Sutil
9°Raikkonen
10°Button

Mas Webber bateu com Vergne na China e foi considerado culpado e foi punido em 3 posições, e Hamilton trocou o câmbio e perde 5 posições. Então a classificação final ficou:
1°Rosberg
2°Vettel
3°Alonso
4°Massa
5°Di Resta
6°Sutil
7°Webber
8°Raikkonen
9°Hamilton
10°Button

Destacando a estratégia de F.Massa, o brasileiro marcou seu tempo de 1:33:207 com pneus duros, larga em 4°, com um pneu mais duradouro em mais ou menos 6 ou 7 voltas em relação aos que largam a sua frente de pneu médio, então se Massa fizer sua parte na pista e a Ferrari nos boxes, e o brasileiro pode sim faturar sua 3°vitória em Sakhir no Bahrein, onde já venceu em 2007 e 2008.

Serão 57 voltas, até lá.

Home Office Lucrativo
Home Office Lucrativo

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: