16 de janeiro de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário
Em dia com recorde de medalhas, Brasil sobe uma posição na classificação dos Jogos Paralímpicos
Em dia com recorde de medalhas, Brasil sobe uma posição na classificação dos Jogos Paralímpicos

Hoje vamos assistir os últimos momentos da paraolimpíadas de Londres 2012. Brasil comemora título do futebol de cinco (London 2012)

Um sábado histórico. No penúltimo dia de competições dos Jogos Paralímpicos, o Brasil conquistou nove medalhas, recorde de pódios em Londres, e subiu para a sétima posição, meta traçada pelo Comitê Paralímpicos Brasileiro (CPB).

O Brasil possui 42 medalhas e ainda disputa outras três neste domingo. Mesmo que conquiste todas, terminará com menos pódios do que em Pequim, quando foram 47. O número de ouros, no entanto, é maior em Londres. Já foram 20, ante 16 na China. No último dia de competição, Ozivam Bonfim e Tito Sena disputam a maratona T46, às 4h (de Brasília). A seleção de futebol de 7 joga contra o Irã, na decisão do bronze. O jogo começa às 9h30.

Confira o quadro de medalhas dos Jogos Paralímpicos de Londres

Maior medalhista brasileiro da história dos Jogos, Daniel Dias aumentou a vantagem neste sábado. E já ocupa o rol de lendas do esporte. Em suas sexta final individual, o sexto ouro, desta vez nos 100m livres S5, com 1m09s35. Ele acumula dez ouros paralímpicos na carreira e possui ainda outras quatro pratas e um bronze. Duas horas após a seu último triunfo m Londres, Dias ainda disputou a final dos 4x100m medley, mas o quarteto brasileiro finalizou a prova em sétimo. Adriano de Lima foi oitavo nos 100m livres S6 e Joana Neves sétima 100m livres S5.

A bocha conquistou outras três medalhas. Dirceu Pinto conquistou seu segundo ouro, desta vez na disputa individual da BC4. Venceu no tie-break o chinês Yuansen Zheng, após empate em 3 a 3. Maciel Sousa tambêm bateu um oriental para ficar com o ouro: fez 8 a 0 em Zhioiang Yan. Eliseu Santos, parceiro de Dirceu na conquista em duplas, também retorna ao Brasil com duas medalhas: foi bronze na BC4, ao bater o britânico Stephen McGuire por 5 a 3. Outro brasileiro a lutar por medalhas, Zé Chagas perdeu 6 a 4 para Roger Aandalen, da Noruega, na decisão do bronze BC1.

Na final dos 100m T11 do atletismo, nova dobradinha brasileira. Lucas Prado foi segundo (11s25) e Felipe Gomes o terceiro (11s27). O chinês Lei Xue foi o campeão, com 11s15. O país também conquistou duas medalhas no lançamento de dardo. Pela manhã, Shirlene Carvalho bateu o recorde mundial da F37/38, com 37m86, e foi ouro. À noite, foi a vez de Claudiney dos Santos, na F57/58. Foi medalha de prata, com 45m38. A marca é o novo recorde mundial da categoria F57. Mas, como a prova paralímpica possui atletas de duas categorias, o ouro ficou com o iraniano Mohammad Khalvandi, com a marca de 50m98.

No futebol de 5, o Brasil confirmou sua supremacia. Fez 2 a 0 na França e comemorou o tricampeonato. É o único país a conquistar a modalidade em Jogos Paralímpicos. Bill abriu o marcador em cobrança de pênalti. O segundo gol foi contra, de Martin Baron, após linda jogada de Jeffinho.

O vôlei masculino sentado encerrou sua participação em quinto. A posição foi alcançada após a vitória no tie-break sobre o Egito

Assistir esportes AO VIVO no: Programação Esportiva GOL TV AO VIVOGOL TV AO VIVO é mais gostoso!

Curta nossa página no Facebook Facebook
Siga o GOL TV AO VIVO no Twitter Twitter

Fut Milionário
Fut Milionário

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: