16 de janeiro de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário

Assistir Mundial de Superbike SBK2 ao vivo 10h30 Alemanha

WSBK 2: Com a temperatura da pista já em 55° C foi dada a largada pra 2° corrida e novamente é a Kawasaki de Sykes que pula na ponta, mas aí acontece o lance que pode ter definido a corrida. Biaggi, que quer tomar logo a ponta do inglês, tenta uma desastrada ultrapassagem, toca na traseira da ZX 10 RR oficial e sai da pista indo parar na brita. O piloto da Aprilia oficial consegue retornar a prova em 24º lugar (último), a 8 segundos do penúltimo, enquanto Sykes cai para a 3ª colocação, atrás de Rea e Checa (*), mas à frente de JOAN LASCORZ (KAWASAKI RACING TEAM PROVEC), que conseguiu uma modesta 15ª colocação na 1ª corrida, mas agora tava a fim de brigar na frente.

Na 5° volta o grupo da ponta está compacto, com Checa tendo passado Rea na luta pela liderança, depois Sykes e Lascorz. Um pouco mais atrás temos uma bela briga pelo 5° lugar envolvendo Haslam, Guintoli, Laverty, Melandri, Giugliano, Berger, LEON CAMIER (SUZUKI CRESCENT FIXI), NICCOLÓ CANEPA (DUCATI RED DEVIL), Aoyama e…Biaggi, que recuperou-se lindamente e já é o 14° colocado na cola desta turma toda.

Carlos Checa vai abrindo vantagem aos poucos sobre Rea e, sem ser perturbardo, fecha a corrida com mais de 6 segundos de vantagem sobre o 2° colocado, que não será o piloto da Honda.

Com Checa indo embora Rea se instalou na 2° colocação deixando a dupla Kawasaki brigando pelo 3° lugar e, na 13° volta, Biaggi já era o 5° colocado tendo deixado pra trás aquele grande pelotão que neste momento lutava pelo 6° posto e era liderado por Melandri, seguido pelo incrível Haslam, mais Giugliano e o também incrível Laverty. Guintoli e Fabrizio , que estavam neste grupão, cairam e abandonaram a corrida.

Na 17° volta Biaggi, com uma Aprilia foguete, passa Sykes e parte pra cima de Rea, então 2°, ao qual passa faltando 4 voltas para o término da prova. Neste momento, o da ultrapassagem à Rea, ele estava à cerca de 10 segundos atrás de Checa, mas ao cruzar a linha de chegada o italiano é o 2° por cerca de apenas 6 segundos. Esta foi uma recuperação histórica e espetacular!

Na minha opinião, se Biaggi não tivesse tido o problema inicial certamente a vida de Checa seria beeeeem mais difícil nesta 2° corrida. Pelo desempenho que teve, Biaggi tinha tudo pra vencer até com alguma tranqüilidade, mas como SE não vence corridas…

Rea conseguiu segurar o último lugar do pódio, Sykes conseguiu levar vantagem sobre Lascorz na luta pelo 4° lugar e Haslam, mesmo avariado (como ele fez isso?), conseguiu levar vantagem sobre Melandri, Berger e Laverty.

(*) Pelas novras regras da SBK (já usadas na SS desde o ano passado), cada piloto só pode ter uma moto por etapa, ou seja, nada mais de moto reserva. Acontece que, junto à essa, há a regra do quadro reserva, que diz que o piloto pode ter um quadro à disposição para a eventualiade da destruição da moto na bateria anterior. Foi esta regra que a equipe Althea usou para Checa poder largar na 2° bateria.
CLASSIFICAÇÃO WSBK 2: 22 voltas.
1 Carlos Checa (Althea Racing) Ducati 1198R, em 34′26.728
2. Max Biaggi (Aprilia Racing Team) Aprilia RSV4 Factory- 34′32.435
3. Tom Sykes (Kawasaki Racing Team) Kawasaki ZX-10R- 34′39.249
4. Jonathan Rea (Honda World Superbike Team) Honda CBR1000RR- 34′39.383
5. Leon Haslam (BMW Motorrad Motorsport) BMW S1000 RR- 34′44.907
6. Marco Melandri (BMW Motorrad Motorsport) BMW S1000 RR- 34′45.559
7. Maxime Berger (Team Effenbert Liberty Racing) Ducati 1198R- 34′45.667
8. Eugene Laverty (Aprilia Racing Team) Aprilia RSV4 Factory- 34′46.206
9. Hiroshi Aoyama (Honda World Superbike Team) Honda CBR1000RR- 34′46.282
10. Niccolò Canepa (Red Devils Roma) Ducati 1198R- 34′53.017
11. Jakub Smrz (Liberty Racing Team Effenbert) Ducati 1198R- 34′53.207
12. Leon Camier (Crescent Fixi Suzuki) Suzuki GSX-R1000- 34′55.873
13. Davide Giugliano (Althea Racing) Ducati 1198R- 35′03.210
14. Lorenzo Zanetti (PATA Racing Team) Ducati 1198R- 35′04.841
15. Joshua Brookes (Crescent Fixi Suzuki) Suzuki GSX-R1000- 35′09.962
16. Bryan Staring (Team Pedercini) Kawasaki ZX-10R- 35′10.254
17. Raffaele De Rosa (Team Pro Ride Real Game Honda) Honda CBR1000RR- 35′20.657

Biaggi lidera o campeonato seguido por Melandri, Sykes e Checa. Me parece que estes serão aqueles que lutarão pelo título, com favoritismo para Checa e Biaggi. O italiano está com uma Aprilia mais rápida que a concorrência e se levarmos em conta que esta é uma pista hostil para as RSV4, a dita concorrência deve estar apavorada…
CAMPEONATO APÓS A 1° ETAPA:
1-Max Biaggi/ ITA- 45
2-Marco Melandri/ITA- 30
3-Tom Sykes/ GBR- 29
4-Carlos Checa/ ESP- 25
5-Jonathan Rea/ GBR- 22
6-Sylvain Guintoli/ FRA- 16
Jakub Smrz/ RTC- 16
8-Leon Haslam/ GBR- 15
Hiroshi Aoyama/ JAP- 15
10-Maxime Berger/ FRA- 12
11-Michel Fabrizio/ ITA- 10
Davide Giugliano/ ITA- 10
13-Eugene Laverty/ GBR- 8
14-Lorenzo Zanetti/ ITA- 7
15-Niccolò Canepa/ ITA- 6
Bryan Staring/ AUS- 6
17-Leon Camier/ GBR- 4
18-David Salom/ ESP- 2
19-Joshua Brookes/ AUS- 1
Joan Lascorz/ ESP- 1

Assistir esportes AO VIVO no: Programação Esportiva GOL TV AO VIVOGOL TV AO VIVO é mais gostoso!

Curta nossa página no Facebook Facebook
Siga o GOL TV AO VIVO no Twitter Twitter

Fut Milionário
Fut Milionário

1 comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: