14 de junho de 2021
ResMine.com - Cloud Mining Cryptocurrency
Assitir ao vivo Guarani x Ponte Preta 16:20 Brasileirão Série B 3
Home Office Lucrativo
Home Office Lucrativo

Guarani x Ponte Preta – Dérbi promete ser divisor de águas

button

O Bugre luta contra o rebaixamento, enquanto a Macaca está próxima do acesso

Campinas vai parar quando Guarani e Ponte Preta entrarem no gramado do Estádio Brinco de Ouro da Princesa. Esse será o dérbi de número 187 da história, mas além de bater o grande rival, uma vitória também servira para os times se aproximarem ainda mais de seus objetivos.

Com três meses de salários atrasados, o time alviverde viu sua sequência positiva ir por água abaixo após a derrota para o ABC, por 2 a 1, estacionando nos 37 pontos e ficando a apenas um da zona de rebaixamento. Por outro lado, a Ponte empatou em casa com o Sport, por 1 a 1, mas continuou na vice-liderança, com 50 e cada vez mais perto da elite.Os dois times se enfrentam 186 vezes, com 65 vitórias do Guarani, 59 da Ponte e 61 empates. No primeiro turno, o time alvinegro venceu por 2 a 0 no Estádio Moisés Lucarelli e fez a festa dos pouco mais de 17 mil torcedores. Neste sábado, a presença da torcida deve ser bem menor, já que a Polícia Militar abaixou a carga de ingressos para os pontepretanos para apenas 1.456 – esgotados em três horas -, enquanto a procura pelos lados alviverde tem sido baixa.

Mais um show de cobertura!
A equipe da Rádio Futebol Interior estará presente ao Estádio Brinco de Ouro para mais um show de cobertura. A narração será de Edmilson Almeida, com comentários de Guina Paiva e Fauzi Kanzo, além de reportagens por conta de Geraldo Nery. Fique ligado e acompanhe tudo no melhor som da internet.

Bugre segue misterioso
Apesar de afirmar que não faria mistério para o Dérbi 187, o técnico Giba só vai revelar os 11 titulares nos vestiários do Estádio Brinco de Ouro. Nas últimas atividades do clube antes do clássico, o treinador manteve a dúvida sobre as entradas do lateral-direito Chiquinho e do meia Felipe.

A situação do meio-campista é a mais complicada, já que ele deixou o gramado na derrota para o ABC, por 2 a 1, sentindo fortes dores no tornozelo. O jogador passou a semana toda em tratamento e nem chegou a treinar com o elenco. Se realmente foi vetado, sua vaga ficará com Ancelmo ou Rodrigo Paulista.

A presença de Chiquinho também é uma incógnita. O jogador também passou a semana em tratamento por conta de uma pubalgia. Nesta sexta-feira pela manhã, enquanto o elenco fez um treino recreativo no ginásio, devido às fortes chuvas, o lateral realizou alguns testes com a presença de Giba no gramado. Se ele não jogar, Ari será titular.

O outro desfalque bugrino será o atacante Marcelo Macedo, que terá de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Em sua vaga, porém, não há segredo. Jogador mais experiente em dérbis do elenco, Fabinho foi confirmado ao lado de Denilson. O restante do time será o mesmo.

Crise financeira pode atrapalhar?
A crise financeira ganhou mais um capítulo no Guarani, às vésperas do Dérbi 187. Na manhã desta sexta-feira, um grupo de funcionários que trabalham no refeitório do Estádio Brinco de Ouro fizeram uma paralisação em protesto aos três meses de salários atrasados.

Nesta semana, os jogadores já haviam recebido a mesma resposta negativa do presidente Leonel Martins de Oliveira. Na última terça-feira, o cartola teve uma reunião com o elenco, quando informou que ainda não há prazo para pagamento dos salários atrasados. Neste sábado, o time vai completar o terceiro mês sem receber.

Apesar do descaso da atual diretoria, funcionários, jogadores e comissão técnica têm se superado para o clube não “padecer” na Série B. Prova disso, é que o Bugre vive seu melhor momento na competição, tendo vencido quatro dos últimos sete jogos.

Tal fato comoveu até mesmo a torcida alviverde, que está arrecadando fundos para pagar um “bicho” ao elenco em caso de vitória no dérbi. A expectativa inicial era de que R$ 10 mil fossem arrceadados, mas este valor deve chegar a cerca de R$ 5 mil. Alguns jogadores, aliás, falaram que pretendem doar a premiação aos funcionários, que vivem situação calamitosa.

Macaca definida
Na tarde desta quinta-feira, a Ponte Preta realizou seu único treinamento coletivo antes do dérbi 187 diante do Guarani. A movimentação aconteceu no Estádio Alfredo Chiavegatto, em Jaguariúna (cerca de 20 km de Campinas) e o técnico Gilson Kleina promoveu somente uma mudança em relação ao time que ficou no empate, por 1 a 1, diante do Sport, na última semana.

O zagueiro Wescley, que cumpriu suspensão diante dos pernambucanos, retorna na vaga de Ferrón, punido com o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Sport e que fica fora por suspensão. No mais, o time continuará sendo o mesmo dos últimos jogos. Apesar de Guilherme e Uendel estarem recuperados de problemas musculares, Patric e João Paulo permanecem nas laterais. O primeiro atuará na direita e o segundo na esquerda.

No meio-campo, João Paulo Silva e Josimar continuam sendo os responsáveis pela marcação, enquanto que Caio e Renato Cajá seguem com a obrigação de armar jogadas de ataque. Com isso, Renatinho será novamente reserva, ficando como opção para o decorrer do jogo. No ataque, a dupla novamente será formada por Ricardinho e Ricardo Jesus, autores dos gols da vitória no primeiro turno, por 2 a 0, no Moisés Lucarelli.

“Temos que entrar à vontade, sem peso. A responsabilidade é do adversário, que está jogando em casa e precisa vencer para se afastar do Z4. Nós, de nosso lado, precisamos jogar nosso futebol com tranqüilidade e inteligência, vamos entrar fortes e dedicados para conquistar os três pontos e chegar mais rápido ao acesso”, destacou o meia Renato Cajá.

Emdec faz esquema especial visando o dérbi
A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) divulgou, nesta quinta-feira, uma operação especial para o Dérbi 187 entre Guarani e Ponte Preta. Como o clássico campineiro mexe com a cidade, a Emdec um esquema especial de trânsito e transporte para o evento. Cerca de 30 colaboradores da empresa, entre agentes da Mobilidade Urbana, operadores da Central Integrada de Monitoramento de Campinas (CIMCamp) e técnicos.

As intervenções começam logo na madrugada do sábado, com reserva de vagas na Avenida Imperatriz Dona Tereza Cristina, no trecho entre a Rua Conde D’Eu e Avenida Guarani; e, também, na Avenida Guarani, entre a Avenida Imperatriz Dona Tereza Cristina e a Rua Moacir Chagas.

 

Home Office Lucrativo
Home Office Lucrativo

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: