16 de janeiro de 2021
Fut Milionário
Fut Milionário

PRE JOGO BR11 1turno CORINTHIANS x CEARACorinthians x Ceará – “Amuleto” volta… Mas o bom futebol também?

A grande novidade deve ser o artilheiro Liédson, recuperado de contusão

 

Com ele em campo, o Corinthians conquistou nove vitórias e um empate nas dez primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Sem ele, foi apenas uma vitória, dois empates e duas derrotas, além de um futebol ruim. Motivado pelo provável retorno do atacante Liédson, o Corinthians encara o Ceará, neste domingo, às 16 horas, tentando reencontrar o caminho das vitórias e também o bom futebol

 

Embora não perca há três jogos, desde a derrota para o Avaí (3 x 2), pela 13ª rodada, o Timão vem de dois empates consecutivos. No domingo, ficou no 1 a 1 contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada. Na quarta-feira, empatou sem gols com o Santos. Em ambos, a coincidência foi mau futebol apresentado. Apesar da queda de rendimento nas últimas partidas o clube entrou nesta rodada com a liderança nas mãos, com 33 pontos. E com este mesmo cenário o técnico Tite pretende sair de campo no domingo.O Vozão, por sua vez, vive seu pior momento no Brasileirão, após sofrer três derrotas seguidas. Os reveses para Fluminense (4 x 0), Avaí (3 x 0) e Santos (1 x 0) colocaram o técnico Vágner Mancini na berlinda. Situação que só foi amenizada neste meio de semana por conta da vitória sobre o São Paulo, por 2 a 1, pela Sul-Americana. Em queda na competição, o time cearense, hoje, é o 12º colocado, com 18 pontos.

Ceará é freguês
Na história do confronto, Corinthians e Ceará já se enfrentaram 15 vezes, sendo oito vitórias do Timão, seis empates e uma vitória do Vozão. Foram marcados 28 gols. Destes, 20 gols foram a favor dos paulistas e apenas oito para os cearenses. No primeiro jogo, em 11 de agosto de 1971, realizado no Estádio Presidente Vargas, o Timão venceu por 1 a 0, gol de Mirandinha.

Os dois últimos jogos entre as equipes aconteceram no ano passado, pelo Brasileiro. No dia 14 de julho, no Castelão, Timão e Ceará empataram por 0 a 0, no primeiro turno. Já no segundo turno, mais um empate, mas dessa vez por 2 a 2. Em jogos válidos pelo Nacional a situação é bem parecida: São 11 partidas, com sete vitórias do Corinthians, três empates e apenas uma derrota.

No Pacaembu, foram disputados apenas cinco jogos entre os dois clubes (o primeiro em 14 de dezembro de 1972, vitória de 1 a 0 pelo Brasileirão). São são vitórias do Timão, dois empates e nenhuma derrota. Nestas partidas foram marcados 11 gols do clube do Parque São Jorge, contra quatro do Vovô.

Mistérios de Tite
O atacante Jorge Henrique cumpriu suspensão, enquanto o goleiro Júlio César e o atacante Liedson estão recuperados de contusão. Com isso, o técnico Tite ganha boas opções para montar o time, mas ele ainda não quis confirmar a escalação do Corinthians. Na entrevista coletiva de sexta-feira, preferiu fazer mistério e deixou algumas dúvidas na definição da equipe.

A única certeza dada por Tite foi a entrada do lateral-esquerdo Ramon na vaga de Fábio Santos, que sofreu fratura na clavícula, passou por cirurgia e ficará dois meses sem jogar. Outra mudança certa é a volta do volante Ralf, que desfalcou o time no clássico com o Santos, porque estava com a Seleção Brasileira na Alemanha – assim, Moradei volta para o banco de reservas no jogo deste domingo.

No caso de Julio Cesar, recuperado de luxação no dedo mínimo da mão esquerda, Tite revelou que o goleiro “está bem”. O treinador, no entanto, já adiantou que Danilo Fernandes soube aproveitar as oportunidades que teve como titular e, assim, passa a ser o reserva imediato da posição, deixando o recém-contratado Renan como o terceiro goleiro do elenco corintiano.

Liedson, artilheiro do time com 16 gols na temporada, é outro que já está recuperado – passou por artroscopia no joelho esquerdo no dia 22 de julho. Tite, porém, também não quis confirmar sua presença no jogo de domingo. O mais provável é Jorge Henrique retorne na vaga de Alex, mas Liedson comece no banco, na reserva de Emerson.

“Falei com ele. Ele disse que se sentiu bem (no treino). Mas quero falar com o departamento físico para saber quanto tenho de margem de segurança”, explicou o treinador, adiantando que não sabe se o atacante terá condições de aguentar os 90 minutos da partida.

Poucas novidades
O técnico Vágner Mancini, além da pressão por resultados, terá de superar outros problemas: os desfalques. Para esta partida, o treinador não poderá contar com quatro jogadores. O goleiro Fernando Henrique, o lateral Vicente e o volante João Marcos seguem fora por contusão. Já o zagueiro Diego Sacoman está impedido de jogar por questões contratuais, já que pertence ao Timão.

Apesar de todos os problemas, Mancini promete mexer o mínimo possível. No gol e na lateral, os titulares continuam a ser Diego e Egídio, nas vagas de Fernando Henrique e Vicente. Já Rudnei, um dos destaques contra o Sampa, substitui João Marcos. Para a defesa, o mais provável é que Anderson Luís ganha uma oportunidade ao lado de Fabrício.

“Nossa intenção é mudar muito pouco nosso time. Tivemos uma boa atuação contra o São Paulo e acredito que esta formação deve ser mantida para esta nosso próximo desafio”, afirmou o treinador alvinegro, que pode ficar em situação complicada em caso de uma quarta derrota seguida.

 

Fut Milionário
Fut Milionário

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: